Interpretação de Tabelas

A produção de tabelas deve seguir algumas regras sobre os elementos que compõem este tipo de texto.

Título – indica o assunto tratado ou pode ser apenas ter a função de chamar a atenção do leitor.

Subtítulo ou texto explicativo – explicita o tema da tabela e contextualiza a situação.

Cabeçalho e colunas indicadoras – correspondem aos títulos dos conteúdos das colunas e linhas, respectivamente.

Corpo – os dados da tabela.

Fonte – que possui a mesma função que nos gráficos e que usualmente aparece no rodapé da tabela.

1.1. PRODUÇÃO E LEITURA DE TABELAS

São muitas as oportunidades para a produção de tabelas em sala de aula assim como é comum aparecerem tabelas nos textos didáticos de quase todas as disciplinas. No entanto é preciso avançar além das propostas dos textos didáticos onde aparecem tabelas de dupla entrada com apenas duas variáveis.

Na mídia as tabelas assumem formas mais complexas e sua leitura muda em função da informação que buscamos. Vejamos no exemplo:

A inclusão digital no Brasil

Fonte: Censo 2000 e Pnad de 2001, cujos dados foram agrupados pela F.G.V.

Tabela retirada da Folha de São Paulo de 11/04/2003

Dependendo da informação procurada é preciso uma leitura diferente da tabela:

Em qual faixa etária as pessoas possuem mais computadores no Brasil? Esta informação deve ser procurada na segunda coluna, comparando-se os valores, a resposta é encontrada na primeira coluna: pessoas entre 45 e 50 anos. Se nos perguntarmos, jovens ou idosos têm maior acesso à internet? Como a pergunta é vaga precisamos tomar algumas decisões para tentar responde-la. Podemos considerar jovens as pessoas com menos de 20 anos e idosos aquelas acima de 60 anos. Neste caso, a leitura da tabela deve ser feita na primeira coluna selecionando-se as linhas que interessam, depois os dados são colhidos na terceira coluna, adicionados e comparados. Temos então que: 15,19% dos computadores com internet pertencem a jovens e 17,83% aos idosos, o que corresponde a uma pequena vantagem das pessoas acima de 60 anos em relação aos jovens.

1.2. DESAFIOS

1)     A OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, que reúne os principais países desenvolvidos) tem como um dos objetivos orientar as políticas de desenvolvimento econômico e de aplicação de investimentos a partir da produção de informações, estatísticas e interpretações a respeito da situação socioeconômica dos países em que se deseja investir. Nesse sentido, a OCDE coordenou recentemente a avaliação do desempenho em leitura, ciência e matemática, de alunos de 15 anos de idade em 32 países, incluindo o Brasil. Observe a classificação de alguns desses países, com respeito ao desempenho em matemática e leitura de alunos de escolas públicas e particulares.

a)     Identifique, nas duas tabelas, os países em que os alunos de escolas públicas apresentam desempenho melhor do que os alunos de escolas particulares.

b)    Explique como as políticas econômicas adotadas por esses países podem ajudar a explicar as diferenças assinaladas.

2)

 

ANO  

1996

 

1997

 

1998

 

1999

 

ÍNDICE

 

0,0625

 

0,125

 

0,250

 

0,50

a)          Qual tipo de progressão apresenta a seqüência na ordem dada? Qual a razão?

b)          Cite e explique dois fatores responsáveis por essa evolução?

3)     A tabela a seguir apresenta dados referentes à mortalidade infantil, à porcentagem de famílias de baixa renda com crianças menores de 6 anos e às taxas de analfabetismo das diferentes regiões brasileiras e do Brasil como um todo.

Suponha que um grupo de alunos recebeu a tarefa de pesquisar fatores que interferem na manutenção da saúde ou no desenvolvimento de doenças. O primeiro grupo deveria colher dados que apoiassem a idéia de que se combatendo agentes biológicos e químicos se garante a saúde. Já o segundo grupo deveria coletar informações que reforçassem a idéia de que a saúde de um indivíduo está diretamente relacionada à sua condição socioeconômica.

Os dados da tabela podem ser utilizados apropriadamente para:

a) apoiar apenas a argumentação do primeiro grupo.

b) apoiar apenas a argumentação do segundo grupo.

c) refutar apenas a posição a ser defendida pelo segundo grupo.

d) apoiar a argumentação dos dois grupos.

e) refutar apenas a posição a ser defendida pelo segundo grupo.

4)     A tabela a seguir apresenta algumas das principais causas de mortes no Brasil, distribuídas por região.

São conhecidas ainda as seguintes informações sobre as causas de óbitos:

  • A dificuldade na obtenção de informações, a falta de notificação e o acesso precário aos serviços de saúde são fatores relevantes na contabilização dos óbitos por causas mal definidas.
  • O aumento da esperança de vida faz com que haja cada vez mais pessoas com maiores chances de desenvolver algum tipo de câncer.
  • As mortes por doenças do aparelho respiratório estão estreitamente associadas à poluição nos grandes centros urbanos.
  • Os acidentes de trânsito e os assassinatos representam a quase totalidade das mortes por causas externas.
  • A região Norte é a única que apresenta todas as taxas por 10 000 habitantes abaixo da taxa média brasileira.

Levando em consideração essas informações e o panorama social, econômico e ambiental do Brasil, pode-se concluir que as regiões K, X, W, Y e Z da tabela indicam, respectivamente, as regiões:

a) Sul, Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

b) Centro-Oeste, Sudeste, Norte, Nordeste e Sul.

c) Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sul e Sudeste.

d) Norte, Nordeste, Sul, Centro-Oeste e Sudeste.

e) Norte, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Sul.

Um pensamento sobre “Interpretação de Tabelas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s